# O que é uma transação?

Transação é o nome dado para uma consulta aos serviços da Combate à Fraude. Uma transação pode conter a execução de um ou mais serviços que são configurados no modelo de consulta ou informados no corpo da requisição. Estes serviços podem ser análises internas ou consultas externas que são realizadas na esteira de processamento. Após isso, com base em regras de validação, um status é definido para a transação.

VALE LEMBRAR

As regras de validação podem ser configuradas apenas no modelo de consulta.

Sendo assim, uma transação é caracterizada por um endpoint onde pode-se informar os serviços desejados, assim como um conjunto de regras a serem validadas.

Uma transação possui os seguintes elementos principais:

  • Identificador único (id): atribuído na criação da transação, devendo ser utilizado na busca dos detalhes de uma transação.

  • Status: o status de uma transação representa as validações aplicadas ao final do fluxo. Possíveis status:

    • PROCESSING: o processamento da transação está em andamento e pode ter seus dados alterados;
    • PENDING (Pendente de análise): alguma regra que possui esse status encontrou irregularidade ou não pôde ser validada. Você pode aprovar ou reprovar este documento via api ou na plataforma do cliente (opens new window);
    • PENDING_OCR (Pendente de correção): não foi possível identificar o documento enviado e nem realizar o OCR. Nesse cenário, pode-se optar pode informar os dados manualmente ou reprovar a transação na plataforma do cliente (opens new window);
    • REPROVED: a entidade consultada possui alguma irregularidade ou indícios de fraude, recomendamos reprovar a mesma;
    • APPROVED: a entidade consultada passou em todas as regras.
  • Motivos do status: conjunto de regras de validação ou revisões manuais que definiram o status da transação.

  • Seções: nas seções estarão todos os dados de processamento. O conteúdo vai variar conforme os serviços executados.